Buscando propósito... - Janaina Velloza

agosto 4, 2020by Janaina Velloza0

Meus clientes buscam meu auxílio por desejarem trabalhar com algo que lhes faça mais sentido, querem um trabalho com propósito. Mas o que é propósito afinal?

Propósito pra mim é simplesmente SER quem somos.

E o mais louco dessa simplicidade toda é o fato do ser humano ser o único ser vivo que precisa aprender ao longo da vida a ser ele mesmo. Propósito tem a ver com quem se é e não com quem acha que tem de ser para pertencer, ser feliz, amado, reconhecido e respeitado.

Nada pode preencher o vazio de não ser quem somos. Então, acho de verdade que quando um cliente me procura ele está, mesmo que inconscientemente, buscando por ele mesmo.Eu mesma, pelo menos até uns 37 anos, construí a minha vida e principalmente a minha carreira, com base numa autoimagem que idealizei minha. Achava que por trás de toda a imagem que construí estaria à salvo, feliz, segura e em paz. Ledo engano.E acredite, dá pra construir muita coisa com essa imagem em vida, mas talvez não felicidade real.

Quantas histórias você já ouviu de gente que ao seu julgamento parecia viver a vida dos sonhos,aquela vida que você, de fora, julga que te traria felicidade se a tivesse, descobre que esse ser não é feliz com essa vida, que pediu a demissão do emprego que você acreditava ser o melhor emprego da face da terra. Largou o parceiro ou parceira de vida que você achava o máximo.

Muitos dos meus clientes e eu mesma, acreditamos naquela máxima que “dinheiro não traz felicidade”, bem conhecida do senso comum, mas quem é que de verdade não tem uma parte sua aí que desconfia disso?

A verdadeira felicidade só pode nascer do que é real. Nunca dessa imagem que faz de você mesmo, desse personagem que criou pra ser aceito e amado. Se a inquietude te habita de alguma forma em alguma área da vida, profissional ou não, se há insatisfação em sua vida sob algum aspecto dela, mesmo tendo conquistado tanto ao logo dela, essa felicidade real não foi conquistada. Sinto te informar. E o que é real nasce da plenitude interior. Coisa que só é possível sentir quando nos sentimos completos por sermos o que somos. E isso somente é possível quando podemos manifestar o propósito da nossa alma. Colocar à serviço da vida e dos outros o que temos de melhor. Isso sim traz sentimento de satisfação, de preenchimento, de estar no lugar certo na hora certa.

E pra não deixar de contribuir com sua reflexão acerca de uma possível situação de insatisfação profissional, eu te pergunto:
Se você não tivesse que ganhar dinheiro nem agradar ninguém, o que faria da sua vida? O que faria com seu tempo?
Depois de responder que só viajaria, ou dizer que nada faria. Resposta típica de quem pode estar pra lá de cansado do trabalho que vem fazendo – vá adiante na sua reflexão…

Propósito pode ser muita coisa, mas pra mim propósito é a meta da alma e não acho que necessariamente há ligação direta entre essa meta e seu fazer profissional. O fazer é um instrumento por meio do qual o propósito se realiza. Mas não necessariamente me refiro ao fazer profissional. Agora, é possível colocar seu fazer profissional diretamente à serviço de seu propósito de alma? Sem dúvida que sim. Se não acreditasse nisso não faria o que faço profissionalmente. Mas o ego fantasia com essa coisa de que somos especiais e precisamos então fazer coisas grandiosas e isso pode nos afastar das nossas paixões, que são um indício de por onde anda o seu propósito.

“Plantamos DONS para colher TALENTOS.” Lí isso num livro, não me lembro qual agora. Então pega papel e caneta e mão na massa:
Quais são seus dons, suas qualidades?
Pra que é procurado ou procurada?
Quais são os chamados que costuma receber dos outros, dos que estão à sua volta de um modo geral? Não pense só nos pedidos que te são feitos no seu ambiente de trabalho atual. Expanda esse horizonte para além dessa fronteira profissional.

“O que eu vim fazer aqui? ” é o mesmo que perguntar “Quem sou eu?”
Propósito é a realização daquilo que somos. Propósito é autorrealização. Mas isso não se trata de uma realização profissional ou material, se trata da busca de quem somos de fato, e daí todo o resto vem, inclusive a satisfação profissional, possivelmente a razão de estar lendo esse texto

.

Quando alimenta-se o SER com o FAZER sentimos alegria de estar onde estamos, fazendo o que fazemos. Portanto, alimente-se de você mesmo. Investigue-se, conheça-se e não restará outro destino senão o encontro com o propósito pra chamar de seu!

by Janaina Velloza

Formada em Coaching Ontológico pelo Instituto Appana e Woman To Be, analista comportamental formada pelo IBC (Instituto Brasileiro de Coaching), membro da ICF (Internacional Coach Federation) em processo de certificação. Idealizadora do workshop “Dando um novo sentido ao trabalho” e do Programa “Coaching no Escritório“, atualmente cursando o Programa Pathwork de Transformação Pessoal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

ENTRE EMContato
Atendimento com horário marcado.
NOSSOEscritório
https://janainavelloza.com/wp-content/uploads/2019/04/img-footer-map.png
SIGANossas Redes Sociais
Acompanhe nossas redes sociais e compartilhe.
ENTRE EMContato
Atendimento com horário marcado.
NOSSOEscritório
https://janainavelloza.com/wp-content/uploads/2019/04/img-footer-map.png
SIGANossas Redes Sociais
Acompanhe nossas redes sociais e compartilhe.

© Janaina Velloza. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Estúdio Copacabana.

© Janaina Velloza. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Estúdio Copacabana.

Abrir bate-papo
1
Precisa de ajuda?
Olá! Posso te ajudar?